Após dois dos anos mais difíceis de que se tem memória, nós arquitetos temos uma oportunidade única de mostrar ao mundo o que fazemos de melhor: propor ideias ambiciosas e criativas que nos ajudam a imaginar juntos um futuro mais igualitário e otimista. 

2023 terá uma série de eventos de arquitetura que tentarão incorporar essas ideias ambiciosas e criativas. Desde a abordagem de Veneza sobre a África como laboratório do futuro até a revisão de 100 anos de Seul, passando por Chicago e sua arte que encontra arquitetura e civismo. A seguir, veja 12 eventos de arquitetura que merecem sua atenção no próximo ano. 

Chile: XXIII Bienal de Arquitetura e Urbanismo 
Janeiro 5—15, 2023 

Após a interrupção repentina da edição de 2019 devido à crise social no Chile, o evento retorna a Santiago em 2023 sob o tema ‘Habitats vulneráveis’, abordando tópicos como “a emergência do déficit habitacional em um contexto em que as favelas, a informalidade e a posse ilegal de terras aumentaram nos últimos anos; a vulnerabilidade e deterioração dos espaços públicos; a proteção urgente do patrimônio tangível; e a vulnerabilidade ambiental em um contexto de crise climática.” 

Itália: Salone del Mobile.Milano 
Abril 18—23, 2023 

Em um cenário global tumultuado, 262.000 pessoas compareceram ao “Design with Nature” da Salone del Mobile.Milano em 2022. Como a 60ª edição do evento icônico foi realizada com temperaturas incomuns acima de 35°C, a organização decidiu que “a responsabilidade ambiental, financeira e social será uma prioridade máxima” para a edição de 2023, começando com um novo conjunto de Diretrizes Sustentáveis para instalações das feiras comerciais. 

Sobre as diretrizes, Maria Porro, presidente da Salone del Mobile.Milano, afirmou em outubro passado que “as empresas estão em condições de desempenhar um papel orientador neste processo, colaborando com governos, órgãos reguladores, investidores, parceiros e fornecedores. A Salone está lá com eles, pronta para fornecer qualquer suporte necessário para que tudo isso aconteça.” 

Espanha: Concéntrico 09 
Abril 27 — Maio 2, 2023 

Fundado por Javier Peña e organizado em parceria com instituições públicas e privadas, o festival Concéntrico já apresentou mais de 100 instalações e pavilhões construídos desde 2015, colocando Logroño, Espanha, no mapa do circuito de arquitetura ao mesmo tempo em que reúne arquitetos e designers emergentes que têm a liberdade de intervir nos espaços públicos da cidade espanhola. 

A edição de 2023, que será realizada no final de abril em vez de setembro como de costume, já lançou os concursos para três intervenções e uma chamada para práticas participativas com o novíssimo programa Cities Ahead, uma iniciativa liderada pelo Goethe-Institut que promove a criatividade nas cidades da Europa. 

Itália: Bienal de Arquitetura de Veneza 
Maio 20 — Novembro 26, 2023 

A África será a protagonista da 18ª Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza. O “Laboratório do Futuro” inspira-se na obra homônima de Lesley Lokko, destacando-se no seu papel como fundadora da Graduate School of Architecture da Universidade de Joanesburgo na África do Sul e do Africa Future Institute (AFI) em Gana. 

Prevendo a exposição como um ateliê, a Bienal de Arquitetura de Veneza de 2023 convida “arquitetos e profissionais de um campo expandido de disciplinas criativas [para] extrair exemplos de suas práticas contemporâneas que traçam um caminho para o público tecer, imaginando por conta própria o que o futuro pode revelar”. Como de costume, uma exposição geral internacional com curadoria de Lokko e uma série de pavilhões nacionais com curadores próprios serão apresentados na Bienal de Veneza de 2023. 

Estados Unidos: AIA Conferência de Arquitetura 2023 
Junho 7—10, 2023 

Por volta do final da primavera boreal e início do verão, o Instituto Americano de Arquitetos (AIA) celebra a maior conferência anual de arquitetura nos Estados Unidos. Depois de uma edição de 2022 sediada em Chicago, onde a organização explorou “a capacidade da arquitetura de impulsionar novos pensamentos em uma das cidades mais sustentáveis e inovadoras” do país, a próxima edição já está confirmada para ser realizada em San Francisco, Califórnia. 

Dinamarca: Festival de Arquitetura de Copenhagen 
Junho 22 — Julho 09, 2023 

Comemorando seu aniversário de dez anos, a próxima edição do Festival de Arquitetura de Copenhague (CAFx) se inspira em “Leave No One Behind” – a principal promessa da ONU para a Agenda 2030 rumo ao Desenvolvimento Sustentável – para explorar como “ela se desenvolve nas construções e ambiente natural.” Além disso, o CAFx apresentará uma ramificação local da exposição que a diretora do festival Josephine Michau está organizando para o Pavilhão Dinamarquês na Bienal de Veneza. 

Dinamarca: UIA Congresso Mundial de Arquitetos Copenhagen 
Julho 2—6, 2023 

O Congresso Mundial de 2023 visa tornar a arquitetura uma ferramenta central para alcançar os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, “lançando luz sobre o potencial da arquitetura para moldar sociedades melhores e contribuir para um futuro sustentável”. Ursula von der Leyen, Francis Kéré, Kunlé Adeyemi, Chimamanda Ngozi Adichie, Mette Skjold e Bjarke Ingels estão entre os principais oradores desta edição de 2023. 

Peru: Bienal Internacional de Arquitetura (BIALIMA 2023) 
Agosto 2023 

Organizada pelo Capítulo de Lima da Associação Peruana de Arquitetos e com curadoria do co-fundador da Barclay & Crousse, Jean Pierre Crousse, a edição inaugural da BIAMLIMA em 2021 foi entendida como uma aposta para destacar a arquitetura peruana e pressionar por sua inclusão no circuito contemporâneo latino-americano, ou seja, Argentina, Brasil, Chile, Equador, México e Paraguai. 

Foi recentemente anunciado que os curadores da BIALIMA 2023 serão os cofundadores da 51-1 Arquitectos, Fernando Puente Arnao, Manuel de Rivero e César Becerra. 

Coreia do Sul: Bienal de Arquitetura e Urbanismo de Seul (SBAU 2023) 
Setembro 1 — Outubro 29, 2023 

Sob o tema “Land Architecture, Land Urbanism“, o diretor Byoung Soo Cho e os curadores Eui Young Chun, Jinyoung Lim, Sang Hoon Youm, Sara Kim e Leif Høgfeldt Hansen explorarão como Seul deve se preparar para o próximo século por meio do desenvolvimento de um roteiro para a megapolis como uma cidade ultra-densamente povoada e ecologicamente correta. 

A quarta edição da SBAU será composta por cinco seções, incluindo uma exposição temática apresentando o tema e uma exposição do masterplan de 100 anos de Seul. 

Espanha: Bienal de Arquitetura Latino-americana (BAL 2023) 
Setembro 26—29, 2023 

Fundada pela AREA e organizado em conjunto com a Câmara Municipal de Pamplona e outras instituições de apoio, a BAL reúne 14 jovens práticas latino-americanas em Pamplona, Espanha. Desde sua edição inaugural em 2009, a BAL tem destacado escritórios e profissionais inovadores que acabaram se consolidando como Adamo Faiden, Carla Juaçaba, Pezo von Ellrichshausen, Daniel Moreno e Ambrosi Etchegaray. 

Estados Unidos: Bienal de Arquitetura de Chicago (CAB 5) 
Setembro 2023 

This is a Rehearsal – a Bienal de Arquitetura de Chicago de 2023 – apresenta o coletivo de arte americano Floating Museum liderando a equipe artística que “explorará questões ambientais, políticas e econômicas presentes na sociedade de hoje, mas abordadas de maneira diferente por meio da arte, arquitetura, infraestrutura e participação cívica”. 

No caminho para a quinta edição da CAB, um novo evento chamado Chicago Design Summit funcionará como insumo de pesquisa para o Floating Museum e seus cofundadores Jeremiah Hulsebos-Spofford, Faheem Majeed, Andrew Schachman e avery r. young. 

Emirados Árabes Unidos: Trienal de Arquitetura Sharjah (SAT) 
Novembro 2023 

Embora a Bienal de Arquitetura de Chicago tenha se tornado a principal exposição de arquitetura e design da América do Norte, a Trienal de Arquitetura de Sharjah decidiu em sua edição inaugural, em 2018, estabelecer-se como uma plataforma internacional que reúne a arquitetura do oeste e sul da Ásia e África. 

A fundadora do cmDesign Atelier Tosin Oshinowo, foi nomeada curadora da edição de 2023 como uma oportunidade para trazer uma “abordagem crítica e socialmente sensível à arquitetura e urbanismo”, conforme explicado por Hoor Al Qasimi, Presidente e Diretor da Sharjah Art Foundation. The Beauty of Impermanence, como é intitulada, refletirá sobre os problemas de escassez no Sul Global e como esse desafio criou uma “cultura de reutilização, reapropriação, inovação, colaboração e adaptação”. 

Fonte ArchDaily

Categorias: Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *